Como organizar sua escola nas férias escolares?

Como organizar sua escola durante as férias escolares?

As férias do meio do ano nas escolas representam uma ótima oportunidade para organizar a rotina escolar. Mesmo sendo pouco tempo, se comparado ao recesso de fim de ano, o mês de julho pode ser bastante produtivo para a gestão investir, além de no planejamento e na organização, nas novidades para o semestre letivo seguinte.

Separamos algumas dicas importantes para orientar algumas ações durante o período de férias, acompanhe:

Planejamento com antecedência

O planejamento deve começar antes mesmo das férias, pois assim a gestão pode se organizar para otimizar as atividades realizadas no período. Uma lista com as ações e os responsáveis por cada uma delas já deve estar pronta e repassada a todos os envolvidos no processo.

Preparação para o próximo semestre

A organização para o período letivo seguinte é umas das ações essenciais, que já consta no planejamento escolar de boa parte das instituições de ensino. Essa é a oportunidade para organizar os materiais, adaptar e melhorar os espaços, analisar o desempenho dos estudantes e professores, avaliar a condução do Projeto Político Pedagógico (PPP) e, se for o caso, repensar e adaptar estratégias.

Ou seja, é um período ideal para reunir toda a equipe e discutir o trabalho que vem sendo realizado e quais pontos podem ser melhorados.

Treinamento com a equipe

Sem os alunos presentes na escola, a gestão pode promover treinamentos e aperfeiçoamentos com o objetivo de aprimorar as habilidades e os conhecimentos da equipe. Os conteúdos das palestras, workshops e imersões podem ir desde atualizações profissionais sobre novas metodologias de ensino e uso tecnologia educacional até estratégias de comunicação e de trabalho colaborativo.

Manutenção e ajustes de infraestrutura

As férias escolares possibilitam a realização de uma profunda manutenção da infraestrutura da escola. Esse período deve ser utilizado para uma limpeza intensa de salas de aula, corredores, banheiros, áreas comuns, quadra, pátio, cantina.  Manutenções também são essenciais para o bom funcionamento da escola, por isso cabe o investimento na inspeção e reparo de equipamentos como ar-condicionado, caixa d’água, sistemas elétricos e encanamentos, além do maquinário tecnológico de computadores, impressoras, projetores e etc.

Esse modelo de organização deve se estender ao acervo documental e bibliográfico, pois as férias estudantis permitem tempo para uma “faxina” e organização completa.

Avaliação de inventário e estoque

Ainda no clima de organização, o recesso pode ser um momento propício para avaliar como anda o inventário escolar e o estoque de materiais. Depois da avaliação, a equipe responsável pode realizar o pedido do que precisa ser reposto para garantir que tudo esteja disponível quando as aulas recomeçarem.

A PLATAFORMA SAGRES proporciona um módulo especialmente voltado para inventário e estoque. Saiba mais!

Elaboração de novidades

Por fim, o período de recesso também pode e deve ser usado para preparar novidades com o intuito de aumentar o engajamento de estudantes e pais na rotina escolar. Podem ser elaborados minicursos, apresentações culturais, atualizações tecnológicas, novos programas extracurriculares. Isto é, esse tempo sem alunos na escola pode ser bastante fecundo para as melhorias educacionais.

Vale destacar que todas as atividades desenvolvidas com professores e demais colaboradores da equipe devem respeitar o período de descanso destinado a eles nesse período.

Compartilhar: