Gestão escolar: perfil de gestor

Qual deve ser o perfil do gestor escolar?

O gestor escolar desempenha papel fundamental na organização e funcionamento das instituições de ensino, suas funções exigem habilidades diversas para alcançar os objetivos educacionais. Mas, ao longo do tempo, a forma de fazer gestão vem passando por transformações, sobretudo em razão do uso da tecnologia. Diante desse cenário, qual seria o perfil ideal de um bom gestor escolar?

A escola engloba vários setores diferentes que precisam trabalhar em sintonia na missão institucional, por isso cabe ao gestor atuar em várias frentes para garantir a integração e o cumprimento satisfatório do Projeto Político Pedagógico (PPP). Ou seja, de antemão, o gestor escolar precisa ter um perfil dinâmico e multifacetado para lidar, além da área administrativa e pedagógica, também com os recursos humanos, o campo cultural, político, entre outros.

São muitas habilidades e competências requeridas na gestão escolar, principalmente, no atual contexto de inovações e tecnologias. Listamos alguns pontos importantes acerca do que se espera do perfil de um bom gestor.

·        ADMINISTRATIVA

Na área administrativa, o gestor escolar deve ter habilidades para gerenciar pessoas e recursos, planejar e organizar as atividades escolares, tomar decisões estratégicas e promover a eficiência e a qualidade do trabalho. Ele deve ser capaz de liderar e motivar a equipe, buscando a excelência profissional. Também precisa de equilíbrio e proatividade para estabelecer uma gestão participativa e democrática.

·        PEDAGÓGICA

Na frente acadêmica, o gestor escolar deve ser um líder pedagógico, capaz de promover a excelência educacional. Ele deve ter uma compreensão sólida dos currículos, das práticas de ensino e da avaliação de desempenho dos alunos. Além disso, ele deve incentivar a formação contínua dos professores, promover a atualização de metodologias e buscar sempre garantir que todos os alunos (indistintamente) tenham acesso a uma educação de qualidade.

·        FINANCEIRA

Em relação às questões financeiras, o gestor escolar deve ser capaz de gerir com eficiência e transparência os recursos, buscando garantir a aplicação adequada. Por isso, é importante que ele tenha habilidade de planejamento estratégico, gestão de riscos e conhecimentos em contabilidade e em finanças.

·        COMUNICAÇÃO

O gestor deve dispor de uma boa comunicação verbal e escrita. Ele deve ser capaz de se comunicar de forma clara e eficiente com os membros da equipe, os pais dos alunos, a comunidade escolar e outros parceiros externos; ele também deve saber fazer uso estratégico das ferramentas de comunicação: e-mail, redes sociais, aplicativos, site. Além disso, ele deve estar aberto ao diálogo e ter a capacidade de resolver conflitos de forma construtiva.

·        POLÍTICA

A articulação política e institucional é uma competência importante para o gestor escolar, pois ele precisa estar atento ao contexto e saber articular as necessidades da escola com órgãos reguladores, governamentais e outras instituições envolvidas na área de educação. Ele deve participar de redes de colaboração, buscar parcerias e representar a escola em fóruns políticos, visando a defesa dos interesses da instituição e o acesso a recursos e a oportunidades.

·        CULTURAL

O gestor escolar deve possuir perfil inovador na promoção e valorização da diversidade cultural. A inclusão e o respeito à pluralidade étnica, cultural e religiosa devem estar presentes nas suas ações. Ele deve incentivar a participação da comunidade escolar em eventos e projetos culturais que valorizem a identidade e as tradições locais.

·        ORGANIZACIONAL

Na área organizacional, o gestor escolar deve ter aptidão para estruturar e gerenciar processos organizacionais eficientes, tais como gestão de projetos, processos e procedimentos, elaboração e revisão de políticas e diretrizes, entre outros. Ele também deve conseguir estabelecer relações de confiança e estímulo com sua equipe, delegando funções e incentivando que cada um dê o melhor de si.

Pontos que podem facilitar o trabalho do gestor: equipe competente e tecnologia

O trabalho do gestor escolar é complexo e cheio de desafios, por isso é importante contar com uma equipe de trabalho competente, engajada e que possa dar todo o suporte para a gestão. Também facilita o trabalho do gestor, a adoção de tecnologias educacionais que tornem os processos mais eficientes, como é o caso da PLATAFORMA SAGRES com suas ferramentas que auxiliam na gestão. Conheça o que o Sagres pode fazer pela sua instituição.

Compartilhar: