Qual o impacto da Inteligência Artificial na Educação?

Qual o impacto da Inteligência Artificial na Educação?

Cada vez mais, a Inteligência Artificial (IA) está presente no nosso cotidiano sob diversas apresentações e o seu uso tem suscitado importantes debates na sociedade, principalmente, quando se trata da sua aplicação no setor educacional. Afinal, qual o impacto da IA na educação?

Como funciona a Inteligência Artificial (IA)?

A Inteligência Artificial (IA) é um ramo das ciências da computação que busca construir dispositivos eletrônicos com o funcionamento similar ao do raciocínio humano, através da capacidade de identificar padrões de dados e de tomar decisões de acordo com variáveis. Ou seja, a IA opera em uma lógica racional.

As inovações trazidas pelo ChatGPT

As discussões em torno do tema aumentaram, no final de 2022, com o lançamento do ChatGPT, um assistente virtual no formato chatbot online especializado em diálogo, desenvolvido pela OpenAI, e que faz uso de IA no seu sistema. Ele é capaz de gerar respostas em uma linguagem natural, próxima do que um ser-humano responderia diante de determinada pergunta ou entrada de texto, tomando como base uma vasta quantidade de dados de matérias, livros, artigos, conversas na internet e muito mais.

No setor da educação, a Inteligência Artificial apresenta grandes possibilidades, cercada por benefícios e riscos, além de impactos sociais, econômicos, jurídicos e ambientais que ainda estão em desenvolvimento e não são totalmente conhecidos por educadores e gestores.

Em 2019, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) publicou o Consenso de Pequim sobre Inteligência Artificial e Educação. Esse documento aponta recomendações sobre como tirar mais proveito das tecnologias de IA a fim de alcançar a Agenda 2030 para a Educação.

Integração da IA na educação para enfrentar os desafios de aprendizagem

De acordo com a UNESCO, as instituições de ensino devem planejar políticas educacionais para aproveitar ao máximo a IA na educação do presente e do futuro, através da utilização de ferramentas e de recursos disponibilizados pela tecnologia para uma aprendizagem mais significativa. Além de promover o uso equitativo e inclusivo da IA, utilizando suas potencialidades como fator de inclusão e redução das desigualdades.

Automatização de processos com o uso de Inteligência Artificial

Outro ponto que merece atenção e que já vem sendo utilizado em algumas instituições, é a automatização de alguns processos pedagógicos e administrativos, como o agendamento e divulgação em massa de anúncios e eventos, programação de chatbots para gestão e atendimento, revisão, classificação e avaliação de exames numéricos, gerenciamento e acompanhamento dos registros dos alunos, produção de dados estatístico e análise das melhores decisões a serem tomadas e personalização dos conteúdos conforme o perfil do aluno.

Com a automatização de processos, surge a preocupação com a substituição de postos de trabalho e prejuízos na qualidade de ensino. No entanto, alguns especialistas no tema apontam que esse é o momento para elevar as habilidades humanas indispensáveis no dia a dia acadêmico e otimizá-las com o auxílio da tecnologia.

Problemas de autoria

Um impacto importante que tem gerado dúvidas se relaciona à questão da facilitação e até mesmo de plágio na produção textual, sobretudo após o advento do ChatGPT. Mas, assim como o uso de outras tecnologias, parece inútil ou contraproducente proibir o seu uso, mas os limites éticos e legais de sua utilização devem estar sempre claros.

Os profissionais da educação devem compreender as potencialidades da Inteligência Artificial e buscar estratégias para que ela possa contribuir no processo de ensino e aprendizagem, possibilitando a formação de estudantes mais críticos, reflexivos e preparados para avaliar ideias e construir argumentos próprios. Contudo, como o seu uso ainda está em fase inicial, e ainda traz muitas incertezas e dúvidas, é preciso focar em produções presenciais, capazes de estimular reflexão, criticidade e elaboração autoral dos estudantes.

Futuro das instituições de ensino

Assim como o advento de outras tecnologias têm transformado a educação e os demais setores da sociedade, a Inteligência Artificial e o ChatGPT também têm trazido modificações que exigem tempo para serem assimiladas. E, a depender do uso, de acordo com suas inúmeras potencialidades, podem trazer impactos positivos e negativos para o setor educacional, por isso merecem estar sempre sendo avaliadas.

Compartilhar: